Português

UFC outorga Doutor Honoris Causa a Pablo Lucas Murilo de la Cueva

13 de junho de 2016

“Esta é uma ocasião solene e muito especial na vida de nossa Instituição, mas também um momento festivo e profundamente gratificante para todos os que fazem a Universidade Federal do Ceará. Estamos recebendo em nossos quadros, na qualidade de Doutor Honoris Causa, o Professor Pablo Lucas Murillo de la Cueva, catedrático de Direito Constitucional da Universidade de Córdoba e magistrado da Suprema Corte da Espanha”, afirmou o Reitor Henry de Holanda Campos, na solenidade que outorgou o título ao constitucionalista espanhol. O ato de entrega da distinção foi realizado no auditório da Faculdade de Direito, na noite da última sexta-feira (10). A concessão da honraria havia sido aprovada em reunião do Conselho Universitário no dia 4 de setembro de 2014, tendo como relator o Prof. Cândido Albuquerque, Diretor da Faculdade de Direito. A saudação ao novo Doutor Honoris Causa ficou a cargo do constitucionalista Paulo Bonavides, Professor Emérito da UFC, que destacou “a copiosa produção de estudos da lavra de Pablo Lucas, acerca de temas variados e fundamentais de Ciência Política e de Direito Constitucional, que enriquece as páginas das revistas jurídicas mais conceituadas de sua pátria”. Veja as imagens da solenidade no Flickr da UFC em <https://goo.gl/pZZKsJ >.

Cueva dá continuidade ao contributo de seu pai, Pablo Lucas Verdú, “sumo constitucionalista da Espanha no século XX”, autor, juntamente com o filho, do primeiro tomo do livro clássico Teoria Política. E complementou: “Pablo Lucas de la Cueva veste a toga de juiz da suprema Corte da Espanha e traz no sangue, na alma e no coração a herança e a memória de Pablo Lucas Verdu, querido e saudoso amigo, que a meu ver é a figura mais conspícua do constitucionalismo espanhol em todas as épocas”. O Prof. Paulo Bonavides disse estar feliz por poder saudar Pablo Lucas de la Cueva pela unidade de pensamento que o prende, em temas constitucionais, “aos dois abalizados mestres do Direito e da Teoria Geral do Estado”.

DEMOCRACIA – Para o Reitor Henry Campos, a trajetória profissional, a vida acadêmica brilhante, a sólida formação jurídica e a defesa peremptória que faz da democracia e do Estado social de direito tornam o Prof. Pablo Lucas Murillo de la Cueva digno de reconhecimento. “Em nosso País, o tema da defesa da democracia ganha, neste momento, especial relevo”, enfatizou o Prof. Henry Campos, argumentando que “o Estado democrático de direito, que conquistamos a duras penas, não pode ficar à mercê de interesses político-partidários, hoje engalfinhados em uma inominável luta pelo poder, que tem como principais armas a intriga, a delação, o golpe”. Acrescentou o fato de que o homenageado “tem sido um importante interlocutor e assíduo colaborador do Curso de Direito da UFC, que, através dele, ampliou as possibilidades de estabelecer novos vínculos internacionais”.

EXPERIÊNCIA – Pedindo licença para agradecer em castelhano por não saber falar português, o Prof. Pablo Lucas Murillo de La Cueva expressou profunda gratidão pela concessão do importante reconhecimento. Disse acreditar ter sido fundamental para a outorga do titulo o apreço que o Prof. Bonavides e muitos outros universitários brasileiros e latino-americanos têm pela obra de seu pai, Pablo Lucas Verdú. Por fim, agradeceu a homenagem afirmando: “ser recebido no quadro dos Doutores Honoris Causa desta Universidade, cuja Faculdade de Direito tomam parte acadêmicos tão ilustres como o professor Paulo Bonavides e seus discípulos, é um sinal de honra que levarei com orgulho por toda minha vida”.

QUEM É – O Prof. Pablo Maria Lucas Murillo de la Cueva nasceu em 1954, em Córdoba, Espanha. Licenciou-se em Direito, em 1976, pela Universidade de Deusto e, em 1978, obteve o doutorado, pela Universidade de Bolonha, Itália. Em 1983, conquistou o primeiro lugar em concurso público realizado, pelo Ministério de Educação e Ciência da Espanha, para o cargo de professor adjunto de Direito Político. Atuou como professor da Faculdade de Ciências Econômicas da Universidad Nacional de Educación a Distancia (UNED) e da Universidade Complutense, professor visitante de Direito Constitucional da Universidade de Bolonha, professor da Universidade Europeia de Madri e professor do Projeto de Formação e Capacitação do Poder Judicial, na Academia da Magistratura do Peru. Em 1989, passou a ocupar a função de catedrático de Direito Constitucional da Universidade de Córdoba, aí permanecendo até 2002, quando foi nomeado para o cargo de Magistrado do Supremo Tribunal espanhol.

É autor de várias obras consagradas na área do Direito Constitucional e do Direito à Autodeterminação Informativa. Colaborou em 85 obras coletivas e é autor de 57 artigos publicados em revistas especializadas. Fonte: Coordenadoria de Comunicação Social e Marketing Institucional da UFC – fones: 85 3366 7331 / 3366 7936 / 3366 7938.

Fotos em anexo: Viktor Braga/UFC

 

pl

pl

pl

pl

pl

Fonte: Faculdade de Direito (fone: 85 3366-7834)